Resultados de futebol ao vivo oferecidos por Futebol.com

Ads Top

Possíveis nomes para suceder Zidane no comando merengue

Quem será o novo treinador do Real Madrid? Conheça os principais nomes, por ordem de probabilidade


Após Zinedine Zidane anunciar em coletiva que não permanecerá no comando do Real Madrid para a próxima temporada, inúmeros nomes como substitutos já começaram a rondar as mídias espanholas, as quais dão um maior enfoque para Mauricio Pochettino, Guti e Joachim Löw.  Outros nomes como Jürgen Klopp, Arsène Wenger e Maurizio Sarri também são cotados para o cargo.

Depois de ganhar a sua terceira Champions League seguida, feito histórico no meio futebolístico, Zizou deixou o comando do Real Madrid. Emocionado, agradeceu a todos jogadores, torcedores e o presidente, mas deixou uma incógnita em relação a treinar o clube espanhol novamente no futuro.

Em meio a coletiva, várias especulações surgiram para saber quem será o próximo técnico do atual campeão europeu. Por conta disso, nós, do Meu Madrid, listamos aqui os principais nomes que podem liderar o comando técnico blanco para a temporada que está por vir.

Mauricio Pochettino
Foto: Reprodução/Getty Imagens
O argentino, atual treinador do Tottenham Hotspur, é altamente cotado para o cargo que está vago no vestiário do Real Madrid. Com 46 anos de idade, o mesmo começou a carreira como técnico do Espanyol, clube que se aposentou como jogador. Após três anos no comando, se mudou para a Inglaterra em 2013 e fez "milagre" com o Southampton, pois atingiu o objetivo de não cair para a EFL Championship e ainda conseguir terminar a temporada em oitavo lugar, fato que despertou o interesse de vários gigantes ingleses. Em meio aos rumores, em maio de 2014, o argentino se mudou para o Tottenham, clube londrino que, na época, não conseguia se manter no topo da antiga BPL (campeonato inglês), atual EPL. De lá para cá, Pochettino mudou de forma excepcional o patamar do time e só alcançou posições superiores ao quinto lugar. 

Apesar de no dia 24 de maio deste ano, data na qual Mauricio e Tottenham renovaram seus respectivos vínculos até 2023, o treinador do Spurs continua no topo das casas de apostas para seguir a frente do Real Madrid na temporada 2018/2019.

Guti

Foto: Reprodução/RealMadrid C.F.
Ex-jogador merengue, o espanhol Guti estreou pelo Real em 1995 e ficou 15 anos defendendo os madridistas em campo. Após ganhar inúmeros títulos pela camisa blanca, apesar de ficar no banco de reservas consideráveis jogos, se mudou para o Besiktas em 2010 e permaneceu por apenas uma temporada. Em 2011/2012, o meia se aposentou e começou os trabalhos para se tornar técnico.

Real Madrid contratou seu antigo jogador para comandar as categorias de base. Com uma ascensão inesperada, em 2013 começou como técnico da Alevín (10 e 11 anos), passou para o Infantil (12 e 13 anos) e foi para o Cadete (14 e 15 anos). Foi promovido para comandar o Juvenil A (sub-19), após Zidane ir para o cargo máximo (treinador do time principal).

Guti é conhecido por ter um estilo de jogo altamente ofensivo e intenso. Nas mídias, o espanhol também é um dos alvos para treinar o Real Madrid na próxima época.

Joachim Löw
Foto: Reprodução/Getty Imagens
Começou a carreira de treinador em 1994/1995, no FC Frauenfeld. Ao longo dos anos, Low mudou de clube várias vezes, tanto dentro do território alemão quanto em território turco e, ganhou apenas três títulos em dez anos. 

Em 2004/2005, voltou a Alemanha e aceitou ser o auxiliar técnico de Jürgen Klinsmann pela seleção alemã. Após Klinsmann deixar o comando vago, em 2006, Low foi anunciado como novo treinador principal. Posteriormente ser chamado pela seleção, o treinador participou de todas as competições possíveis que a Alemanha poderia participar e não fez feio em nenhuma delas.

Em seu ápice, foi campeão do mundo em 2014, no Brasil, e começou a ser cotado, até por Florentino Pérez, para treinador merengue. Joachim não saiu do comando alemão, estendeu seu contrato até 2022 e está presentes de participar de sua terceira Copa do Mundo, mas, isso não o faz sair do radar madrilenho.

Jürgen Klopp

Foto: Reprodução/AFP
Klopp, atualmente técnico do Liverpool, clube no qual perdeu para os merengues a última final da Champions League (2017/2018), é o segundo alemão a ser cotado para treinar os espanhóis na próxima época.

Em 2001, Jürgen começou os trabalhos de treinador no Mainz 05 e, após sete anos no comando, se mudou para o Borussia Dortmund, onde fez história, ganhou cinco títulos e foi vice campeão da UCl, perdendo para o seu principal rival, Bayern de Munique. Em 2015, foi contratado pelo Liverpool e ainda não conquistou nenhuma taça, porém, fez o inimaginável nesta temporada: chegou a final da Champions. Apesar de não vencer, ganhou muita moral e entra na lista dos cotados para comandar o Real.

Arsène Wenger
Foto: Reprodução/Arsenal/Getty Imagens
Ídolo francês que fez história no comando técnico do Arsenal, também vem como uma forte suposição para repor Zidane. Em 1996, Wenger foi contratado pelo clube londrino e foi lá que começou a escrever a sua história. Em 22 anos de técnico, ganhou 17 títulos e até 2016, nunca tinha ficado de fora da zona de classificação para a Champions League. 

Após anunciar que não será mais técnico dos gunners na próxima temporada (Emery já foi contratado), o francês cedeu inúmeras entrevistas e revelou que Florentino já tinha o chamado duas ou três vezes, antigamente, para treinar o Real Madrid, porém, Wenger recusou todas as ofertas.

Atualmente sem clube, caso haja alguma proposta, o técnico pode considerá-la e se transformar em treinador merengue, sucedendo seu compatriota, Zinedine Zidane.

Maurizio Sarri

Foto: Reprodução/Getty Imagens
Sarri, com 59 anos de idade, começou seus trabalhos em 1990, porém, nunca ganhou uma considerável visibilidade. Em 2015, foi contratado pelo Nápoli e fez boas temporadas, mas, em 2018, foi demitido e atualmente está sem clube. Em 25 anos como treinador, nunca ganhou um título, porém, é conhecido por ter um estilo de jogo altamente ofensivo, o que faz chamar a atenção dos dirigentes merengues.
Possíveis nomes para suceder Zidane no comando merengue Possíveis nomes para suceder Zidane no comando merengue Publicadas por Vinicius Marques Balan em maio 31, 2018 Mais 5