Resultados de futebol ao vivo oferecidos por Futebol.com

Ads Top

Buscando recuperação e com desfalque de última hora, Alemanha encara Suécia


Buscando um respiro nesta Copa do Mundo e sob forte pressão, a Alemanha encara neste sábado (17) a Suécia, no Estádio Olímpico de Sochi, pela segunda rodada do Grupo F da competição da FIFA. Os alemães entram em campo pressionados e só a vitória interessa aos comandado de Joachim Löw.

Do lado nórdico, os suecos vêm de uma vitória contra magra contra a Coreia do Sul e aguardam ansiosamente por este duelo, que não acontece desde as Eliminatórias europeias para a Copa de 2014


DESFALQUE DE ÚLTIMA HORA
O técnico da atual campeã mundial, Löw, revelou nesta sexta-feira que a sua seleção entrará em campo amanhã desfalcada. De acordo com ele Hummels sentiu a lesão na cervical e dificilmente terá condições de jogar contra a Suécia. "Provavelmente, Hummels não vai jogar amanhã. Ele deu um jeito no pescoço no treino de ontem, quinta-feira, e ainda não se recuperou. Acredito que ele não se recupere a tempo", sentenciou o técnico em entrevista ao canal alemão ZDF.

Com o desfalque de última hora, o técnico alemão deve escolher entre Ginter, Süler e Rüdiger  para compor a zaga alemã com Boateng.


PRESSÃO DO LADO ALEMÃO
Os jogadores alemães sabem da pressão para encarar a Suécia e buscam reparar os erros cometido no jogo contra o México. Em entrevista coletiva nesta semana, o atacante Thomas Müller admitiu a pressão. "Temos que ganhar. Nos resta dois jogos adiante e a pressão é enorme", comentou Müller que pediu a confiança dos torcedores da Mannschaft e disse que todos estão empenhado em um só objetivo, "O grupo está unido, assim como a comissão técnica, que está empenhada em alcançar nada menos que o sucesso. Não percam a confiança em nós. Espero que tenhamos mais algumas semanas de torneio e que não voltaremos para casa depois da fase de grupos".

(Nuer na coletiva de imprensa na última quarta-feira (13). | Foto: Twitter DFD_Team_ES)


Já o goleiro e capitão da equipe alemã, Manuel Neuer falou da decepção após o jogo contra o México e da "raiva" por perder o primeiro jogo, "O jogo contra o México abriu os nosso olhos, (após o jogo) foram feitas cobranças. Somos os mais interessados em melhorar a situação, em jogar melhor do que contra o México. Estamos com raiva de nós mesmos e também decepcionados com a forma como jogamos contra o México". O goleiro também fez questão de afastar as polêmicas que estão sendo publicadas na imprensa alemã que o grupo alemão esteja rachado, "A comunicação entre os jogadores time nunca foi tão boa. Não há divisão no time, o elenco não está dividido. Os que jogaram a Copa das Confederações estão integrados com os jogadores mais experientes", disse o capitão.


ÚLTIMO JOGO ENTRA ALEMANHA X SUÉCIA
"Um jogo emocionante", é assim que o meia sueco Albin Ekdal, jogador do Hamburgo, define a partida de amanhã. As duas equipes não se enfrentam desde 2012 pelas Eliminatórias da Copa no Brasil, realizada em 2014. Na ocasião, Outubro de 2012, a Suécia, perdia  por 4-0 e foi buscar um empate num jogo emocionante. O time, que já era comandado por Löw, já encaminhava a goleada por 4 a 0, com gols de Mertesacker, Özil e dois de Klose quando viram os suecos voltarem para o segundo tempo daquele jogo, no Estádio Olímpico de Berlim, com vontade e lograrem o empate em 4 a 4, com gols de Ibrahimovic, Lustig, Elmander e Elm.

O meia sueco espera que o feito se repita e que os suecos possam surpreender o time alemão assim com em 2012,"O grande jogo contra a Alemanha. Se entrarmos confiantes em campo, poderemos abalar o reinado da atual campeã".

(Nuer inconformado com o gol de empate da Suécia, nas Eliminatórias Europeias em 2012. | Foto: Agência AP)




Alemanha: Neuer, Plattenhardt, Boateng, (Ginter, Süler ou Rüdiger) e Kimmich; Khedira, Kroos, Özil, Draxler; Werner, Müller. Técnico: Joachim Löw.

Suécia: Olsen,  Augustinsson, Granqvist, Jansson e Lustig; Larsson, Ekdal, Claesson e Forsberg; Berg e Toivonen. Técnico: Jan Andersson

Árbitro: Szymon Marciniak (da Polônia)

Local: Estádio Olímpico de Fisht (em Sochi, Rússia)

Horário: 15h (Brasília)
Buscando recuperação e com desfalque de última hora, Alemanha encara Suécia Buscando recuperação e com desfalque de última hora, Alemanha encara Suécia Publicadas por Giselle Felix em junho 23, 2018 Mais 5