Resultados de futebol ao vivo oferecidos por Futebol.com

Ads Top

Lopetegui e sua ligação ao madridismo: ex-goleiro iniciou na base merengue

Lopetegui é conhecido da base merengue.
(Foto: Arquivo Real Madrid/Meu Madrid)

O Real Madrid tem em sua grande maioria no atual elenco, jogadores revelados na categoria de base, no Real Madrid Castilla. A história se repetirá, mas desta vez com seu novo treinador, Julen Lopetegui, que foi anunciado na tarde de terça-feira (12).

O Meu Madrid traz um pequeno especial para desvendar o passado do técnico que foi goleiro nos tempos de jogador e que foi cria da base merengue, além de ter sua ligação ao madridismo desde cedo.

INÍCIO DA CARREIRA

Lopetegui nascido em 28 de agosto de 1966, hoje tem 51 anos - fará 52 em agosto - iniciou sua carreira de goleiro aos 19 anos quando em 1985 ingressou ao Real Madrid Castilla, permanecendo até o ano de 1988. Sua trajetória dentro da base merengue lhe rendeu 61 jogos ao todo.

No mesmo ano em 1988, Lopetegui subiu para o profissional onde se tornou goleiro reserva do clube, mas não obteve tanto sucesso, disputando apenas um jogo e ficou até o fim da temporada, em 1989.

EMPRÉSTIMO, SAÍDA e PASSAGEM PELO BARCELONA

Sem espaço no Real Madrid, o goleiro foi emprestado ao Las Palmas. No clube, disputou 31 jogos nos dois anos que ficou emprestado aos Los amarillos. Eventualmente sem o sucesso desejado, retornou de empréstimo e foi vendido ao Club Deportivo Logroñés, modesto time espanhol.

Chegando em 1991, Julen Lopetegui defendeu o clube em 107 partidas, segundo clube que mais defendeu em toda a sua carreira. Permaneceu por três anos até 1994, tendo destaque e sendo vendido ao Barcelona após boas temporadas. Porém, o sucesso deu uma freada e suas atuações foram interrompidas, já que não obteve espaço suficiente nos três anos de contrato que exerceu com o clube catalão, atuando apenas em 5 partidas.

Deixado de lado, Lopetegui novamente mudou de destino e foi vendido na temporada de 1997 para o Rayo Vallecano, onde teve grande destaque, como foi no Logroñés e atuou por cinco temporadas - até 2002 -, defendendo o gol em 112 oportunidades, tornando o Rayo assim, o clube onde mais jogou em toda a sua carreira.

Sua despedida dos gramados aconteceu em 2002, ao término do contrato, mas com um sabor amargo, pois o Rayo Vallecano naquele ano, acabou sendo rebaixamento para a segunda divisão espanhola.

NÚMEROS GERAIS E SELEÇÃO ESPANHOLA

Atuando em clubes da primeira divisão, Julen Lopetegui participou de 149 jogos na La Liga, a primeira divisão espanhola, por onde ficou 11 temporadas. Por outro lado, teve sua passagem na segunda divisão espanhola também, atuando em 168 jogos por três clubes diferentes.

Pela Seleção da Espanha, Lopetegui passou pela categoria de base, mas nunca atuando com frequência, tendo disputado apenas um jogo. Já no time principal, também atuou apenas um jogo e mesmo assim, foi chamado para defender a Fúria, na Copa do Mundo em 1994, disputada nos Estados Unidos, mas não saiu do banco de reservas e viu a Espanha ser eliminada pela Itália naquela ocasião.

Agora como treinador, Julen Lopetegui tem a missão de substituir Zinedine Zidane que sai pela porta da frente e com três Champions League nas costas. Porém, seu atual trabalho na Espanha, que foi interrompido um dia antes do início da Copa, o credencia a ser um ótimo substituto para comandar o poderoso time do Real Madrid.
Lopetegui e sua ligação ao madridismo: ex-goleiro iniciou na base merengue Lopetegui e sua ligação ao madridismo: ex-goleiro iniciou na base merengue Publicadas por Vinicius Costa em junho 13, 2018 Mais 5