Resultados de futebol ao vivo oferecidos por Futebol.com

Ads Top

Seedorf analisa saída de Zidane e diz: "Seria uma honra treinar o Real Madrid"

Ex-jogador esteve no comando do Deportivo La Coruña na reta final da temporada 2017/2018

Holandês vestiu a camisa merengue entre 1996 e 2000.
Foto: Getty Images Sport/Quality Sport Images
Presente no tradicional jogo de ídolos do Real Madrid (Corazón Classic Match), dessa vez contra o Arsenal, Clarence Seedorf aproveitou para falar com a imprensa presente e analisou os principais assuntos madridistas, como a saída de Zinedine Zidane e o futuro de Cristiano Ronaldo

"Eu tiro o chapéu para o Zizou, por tudo que conquistou e pela decisão. Sua experiência o convenceu de que era o melhor momento para sair e tem de respeitá-lo", disse quanto a atitude do francês em deixar o clube "por cima". 

Atualmente, Seedorf é treinador e está na profissão desde 2014, quando assumiu o Milan, clube em que também é considerado ídolo. Na última temporada, o ex-meia comandou o Deportivo La Coruña na reta final da La Liga, mas não conseguiu evitar o rebaixamento da equipe e deixou o comando. Desempregado, o holandês foi questionado sobre, hipoteticamente, treinar o time merengue e demonstrou vontade em assumir a função: "Para mim seria uma honra comandar o Real Madrid, mas não vou dizer coisas quem possam gerar polêmica. O clube, agora, precisa tomar a melhor decisão", argumentou. "O Madrid está sem treinador e eu sem clube", brincou. 

Clarence ainda conversou com relação ao futuro de Cristiano Ronaldo, estrela da esquadra madridista. "Pode ser que tenha dúvidas. No ano passado também houve esse debate e ele ficou. Eu, como madridista, espero que fique pois segue sendo decisivo. É um jogador diferente e, por isso, pode se reinventar mais do que o normal. É o Cristiano Ronaldo", encerrou.

Com a camisa blanca, Seedorf atuou 158 vezes entre 1996 e 2000, período em que marcou 20 gols. Conquistou uma Copa Intercontinental (equivalente ao Mundial de Clubes), uma Liga dos Campeões, um Campeonato Espanhol e uma Supercopa da Espanha.
Seedorf analisa saída de Zidane e diz: "Seria uma honra treinar o Real Madrid" Seedorf analisa saída de Zidane e diz: "Seria uma honra treinar o Real Madrid" Publicadas por João Victor Sanches em junho 04, 2018 Mais 5