Resultados de futebol ao vivo oferecidos por Futebol.com

Ads Top

Lopetegui sobre o prêmio 'The Best': "Eu premiaria o Modric, com toda certeza"

Treinador não tem dúvidas de que o meia foi o melhor do planeta na temporada

Espanhol já introduz nova maneira de jogar à equipe blanca. 
Foto: Getty Images Sports/Denis Doyle
Julen Lopetegui, treinador do Real Madrid, concedeu longa entrevista à Radio Onda Cero, da Espanha, nesta última segunda-feira e foi questionado sobre vários assuntos envolventes ao clube merengue e à sua carreira. Confira abaixo as declarações do novo comandante merengue.

Ocorrido com a seleção espanhola
"Simplesmente tomei uma decisão, e voltaria a tomá-la. Fiz da maneira mais honesta, não me arrependo de nada."

Real Madrid do passado e o de agora
"Cresceu muito, a grandeza sempre existiu e, com a quantidade de títulos novos conquistados, evoluiu muitíssimo. Cheguei com 18 anos como jogador, fui embora com 24."

Diferenças em treinar uma seleção e um clube 
"Ao final, a responsabilidade é treinar um grupo para ganhar, o dia a dia é diferente de que treinar uma seleção. Muitos treinadores desconhecem o papel de um técnico de seleção, mas o dia a dia é exigente, diferente."

Te dá dor no estômago ao lembrar da seleção espanhola?
"Não, estou absolutamente feliz em treinar o Real Madrid, temos um desafio precioso e um objetivo grandioso. Desejo que a seleção seja fenomenal com Luis Enrique, sou um torcedor fervoroso da Espanha. É uma etapa passada da minha vida, agora estamos concentrados em nossos objetivos. Temos a cabeça no agora, e o que passou já foi."

Foi uma demissão inesperada?
"Foi daquele jeito, não dá para mudar. Não quero olhar para trás, expliquei em minha apresentação o meu sentimento e sigo sentindo. Passou, explicamos o que sentíamos e insisto, fizemos o correto, que era dizer 'sim' ao Real Madrid. Voltaria a dizer."

Dias das negociações com o Real Madrid
"Tudo foi rápido. Os jogadores fizeram o que tinham de fazer, que era se concentrar na Copa do Mundo. Não dá para falar muito, é intimidade minha e dos jogadores. Eu queria dizer 'sim' ao Real Madrid, e assim disse."

Despedida da Espanha
"Foi como todas despedidas, me despedi de todos, forte emocionalmente e inesperada. Era o que tinha que fazer."

Copa do Mundo
"Vi em diferentes lugares e vi todas as partidas da Espanha."

Apresentação no Madrid durante a Copa
"Não há ressentimento, temos de diferenciar as emoções e o trabalho que fizemos com respeito."

Início de trabalho sem os que atuaram na Copa
"Eu conhecia a Cidade Desportiva, tudo não, mas depois conheci. Começamos no dia 15 sem os que atuaram na Copa. Foi uma pré-temporada diferente por isso. Muitos empregados estão há muito tempo aqui e estavam lá, o que é bom pois transmitem um pouco do que é o clube. Conhecia muita gente."

Estilo
"Quando começa a primeira coisa que quer passar é o que sente, como entende o futebol, como adaptar os jogadores. Chegam em momentos diferentes, há um grupo que já me conhecia por causa da seleção espanhola e é uma vantagem."

Mais toque de bola, menos verticalidade
"Implantar qualquer maneira de jogar ou mudar custa. Tratamos de fazer com normalidade, com as condições de cada jogador e isso ajuda."

Cristiano Ronaldo
"Não falei com ele. Quando cheguei ele já havia demonstrado claramente seu desejo em sair. É um clube que o facilitou a ser o jogador que é. Eu o respeitei, a estratégia já estava tomada."

Contratações
"Falei desde o início, o elenco me encanta. Os jogadores que temos são bons em todas as posições. O elenco está capacitado para disputar todos os títulos."

Neymar ou Mbappé?
"Não vou falar de jogadores de outras equipes. Posso ter minha opinião e, se digo, criam polêmica."

Courtois
"É um goleiro fantástico. Estamos encantados com os goleiros que temos."

Disputa pela titularidade na meta madridista
"Evidentemente eu falo com eles. São conversas privadas. Conversamos com normalidade, como entendemos que tem de ser. Não disse que quem jogar a Liga vai jogar a Champions ou não. Diremos no momento certo. Vários goleiros podem participar na temporada."

Derrota para o Atlético de Madrid na Supercopa da Europa
"Logicamente ficamos tristes, tínhamos consciência que fizemos coisas boas na final. Tentamos ganhar e não conseguimos, temos de parabenizar o Atlético. No geral, fizemos uma boa partida, não o necessário pois assim seríamos campeões. Mas nos deu confiança para seguir trabalhando no que estamos fazendo."

Pediu explicações a Marcelo após substituição contra o Getafe?
"Não, fico com a semana fastástica de treinamento que teve depois do ocorrido."

Mariano Díaz
"Falei com ele antes de sua chegada. Estamos encantados, vai nos ajudar muito, conhece a casa, a exigência que é o Real Madrid. Ligeui a ele para dizer o que penso do futebol dele."

Vinícius Júnior
"Estivemos vendo o Castilla, tiveram chances de ganhar, mas não conseguiram. Ele fez uma grande partida, marcou dois gols. É um talento muito jovem, o clube conseguiu trazê-lo muito sabiamente. Ele corresponderá às expectativas, mas não vamos cortar etapas. Ele está indo bem, treinando bem."

Qualidade de Vinícius Júnior
"Tem grandes condições, mas tem que seguir se adaptando à exigência do Real Madrid, do futebol europeu, e está fazendo isso porque é inteligente. Não encontramos o momento de colocá-lo em campo, mas chegará este momento. Não sei se jogará a Champions. Agora é jogador do Real Madrid e tem chances como qualquer outro. É um jogador que atua pelo lado esquerdo, é rápido e com boa mentalidade, o que é importante."

Início da temporada
"Começamos bem, mas ainda é o começo. Logo teremos semanas duras com a Champions. Conseguimos alcançar o objetivo dos 9 pontos. Espero que os atletas retornem sem lesões desta data FIFA."

Copa do Rei
"Todas as competições são tratadas como grandes pelo Real Madrid. Queremos ganhar todas, e a Copa do Rei é uma delas."

VAR
"Veio para melhorar. Beneficia a justiça da partida, temos que nos acostumar com a gestão da tecnologia."

Imprensa
"Tentarei fazer com que a relação seja boa. Tem de ser bom com todos."

La Liga e Champions
"Temos que ir por todas. A liga te obriga a estar sempre focado, exige regularidade. Gostamos de todas competições e queremos vencer todas."

Possíveis partidas da La Liga nos EUA
"Tirando a parte econômica, não vejo como algo apropriado. Prefiro que o Madrid não jogue lá, mas se tivermos de ir, iremos."

Declaração do Messi de que o Madrid é mais fraco sem Cristiano Ronaldo
"Eu não duvidaria dos jogadores do Real nem por um segundo."

The Best
"Eu daria ao Modric, com toda certeza."

Lateral-esquerdo
"Temos Nacho que vai muito bem, Reguillón que nos encanta e que temos certeza que será um grande jogador."

Elenco
"Estou apaixonado pelo meu plantel e sei que vão fazer uma grande temporada."

Banco de reservas
"Estão todos capacitados. Agora começa outra temporada, com mais exigência, e tiraremos proveito do nosso elenco."

Leia mais: 

Real Madrid inscreve 31 atletas para a Liga dos Campeões
No Mundial de Clubes, Madrid encarará Chivas ou campeão da Ásia na semi
Lopetegui sobre o prêmio 'The Best': "Eu premiaria o Modric, com toda certeza" Lopetegui sobre o prêmio 'The Best': "Eu premiaria o Modric, com toda certeza" Publicadas por João Victor Sanches em setembro 04, 2018 Mais 5